• facebook
  • tumblr
  • twitter
  • mail
  • Revealed: Vale and BHP accused of pocketing money that should grant aid after Brazil’s worst environmental disaster
11th Global Investigative Journalism Conference

11th Global Investigative Journalism Conference

Fui convidado por David Kaplan para apresentar o Observatório da Mineração em duas palestras – “Digging into the Extractives Industry“ e “Investigating Disasters“ – no maior evento de jornalismo investigativo do mundo, realizado pela Global Investigative Journalism Network (GIJN) em Hamburgo na Alemanha em setembro de 2019.

No primeiro painel, “Digging into the Extractives Industry“, realizado dentro do prédio do grupo Der Spiegel, referência de jornalismo no mundo, falei ao lado de colegas do Natural Resource Governance Institute, que lançou um novo guia para que jornalistas interessados em cobrir mineração e extrativismo possam se basear.

Participaram também Milagros Salazar, fundadora do site Convoca, do Peru, Khadija Sharife, investigadora da OCCRP na África do Sul, Stephen Nartey, de Gana e a moderadora Anya Schiffrin, dos Estados Unidos, uma das autoras desse material espetacular da GIJNEssa notícia também apresenta algumas das fontes citadas e as dicas que compartilhamos.

No segundo, “Investigating Disasters“, falei ao lado de colegas de Porto Rico, Nepal e Moçambique sobre como o Brasil consegue criar seus próprios desastres e o quê os casos de Mariana e Brumadinho representam.

A Global Investigative Journalism Network é uma associação internacional de organizações jornalísticas que apoia o treinamento e o compartilhamento de informações entre jornalistas investigativos e jornalistas de dados – mesmo em regimes repressivos e em comunidades marginalizadas.