Listas/Citações

“Há uma cansativa tristeza, um tédio infinito nesse joguinho miúdo de combinação através dos quais se resolve o destino da pátria”

“É um gênero de trabalho (a reportagem política) que só se pode fazer com alguma eficiência quando a gente se dedica a ele continuamente, todos os dias e quase todas as horas. O repórter precisa viver a vida dos políticos, andar no meio deles, embeber-se de suas ideias, seus planos, suas indecisões, birras e veleidades, acostumar-se à sua linguagem e seu ambiente. Embora entre os políticos de, praticamente, todos os partidos, haja pessoas pelas quais eu sinto amizade e admiração, confesso que me senti meio desolado com a experiência. Tive muitas vezes a impressão contristadora de estar trabalhando no vácuo, de estar levando a sério muitas coisas que na verdade não tem a menor importância.

Imagino perfeitamente como deve se sentir um colega qualquer da crônica política – e hoje temos vários e brilhantes – ao reler alguma coisa de três ou quatro meses atrás. Quanto esforço perdido em tirar deduções de tolices, em descobrir intenções em palpites vãos, em dar sentido a movimentos e fórmulas horrivelmente vazios. Ainda que frequentemente contando com homens de inteligência superior, nossa vida política é, em seu jogo diário, de um nível mental espantosamente medíocre. Mental…e moral. Há uma cansativa tristeza, um tédio infinito nesse joguinho miúdo de combinação através dos quais se resolve o destino da pátria. (…) Tenho pensado às vezes na paciência enorme que precisam ter aqueles que, metidos nesse bruaá monótono, lidando com tanta mediocridade ambiciosa e fátua, lutam por uma ideia, preservam uma consciência. Como a coisa vai indo, um grito não bastará mais para paralisar essa pantomina de sonâmbulos e inconscientes. Será preciso um berro forte, uma explosão de todas as consciências oprimidas e exaustas para despertar o Brasil.”

(Rubem Braga, Diário de Notícias, 24 de julho de 1949 in “Bilhete a um Candidato & outras crônicas sobre política brasileira”, páginas 37 e 38, editora Autêntica).

Standard
Listas/Citações, Literatura

David Foster Wallace, leitura e suicídio

Capa da revista Onion Weekender de 21 de maio de 2006, este post é uma homenagem à obra de David Foster Wallace, um dos maiores escritores estadunidenses dos últimos tempos. Foster cometeu suicídio há pouco mais de um mês. Que isto não cause estranheza: as relações do suicídio com a literatura e a arte são intensas desde sempre. Os Estados Unidos, por exemplo, têm tradição em grandes escritores suicidas: Ernest Hemingway, Sylvia Plath, Hunter Thompson…

DFW se foi precocemente, deixando uma obra pequena porém vasta. O suficiente para gerar anos e anos de estudos e se firmar na história. A capa da revista não foi escolhida a toa. Nela, Foster diz: “Eu nunca aprendi a ler”.

Isto é o principal. Um escritor da sua magnitude admitir algo assim apenas revela o que sempre disse: saber ler é muito diferente de ser alfabetizado. E as pessoas, 95% delas, acham que sabem ler. Não sabem. É algo infinitamente mais delicado e complexo do que parece. Conheço poucos que conseguem. Eu mesmo passarei toda a minha vida tentando aprender.

Recomendados:

Revista Piauí – Despedida – A liberdade de ver os outros (texto belíssimo – e sintomático – do próprio DFW, publicado na revista).

David Foster Wallace e Infinite West (ótimo ensaio sobre o autor e sua principal obra).

Nota de suicídio de Hunter S. Thompson (pai do jornalismo gonzo).

Dicionário de Suicidas Ilustres – excelente artigo sobre o tema

Porque um escritor se suicida? – matéria especial do jornal El País

Standard
Listas/Citações

Um pouco de Cioran

Emil Cioran é um dos pensadores mais idiossincráticos – e divertidos – de nosso tempo. Em proporção, talvez eu discorde de 60% do que ele fala e ache os outros 40 geniais. Ele próprio, contudo, não deveria concordar com o que dizia: a coerência em Cioran é uma contradição. Por mais que negue, o romeno preza pelo estilo, pela acidez, o resto é resultado de observações amargas e curiosas da vida, mas sempre com a preocupação de dizer algo. Ele sabe rir de si mesmo…predicado mais do que fundamental para qualquer ser humano saudável: tenha medo de quem não consegue rir de si próprio.

Um pouco do rapaz em “Silogismos da Amargura”:

Sin nuestras dudas sobre nosotros mismos, nuestro escepticismo sería letra muerta, inquietud convencional, doctrina filosófica.

*

No queremos seguir soportando el peso de las “verdades”, continuar siendo sus víctimas o sus cómplices. Sueño con un mundo en el que se muriera por una coma.

*

La historia de las ideas es la historia del rencor de los solitarios.

*

Es fácil ser “profundo”: no hay más que dejarse invadir por las propias taras.

(…)

Standard
Listas/Citações

Atualização – 23.03.08

Nova legenda para filmes (inspirado na Contracampo – www.contracampo.com.br):

* – bomba grotesca, veja por própria conta e risco.

** – razoável, provoca mal estar, mas vale a experiência.

*** – mediano, com pontos altos.

**** – quase lá. veja o quanto antes.

***** – Obrigatório, com diferentes graus de perfeição.

Nova legenda para álbuns:

* – Esquecível e doloroso.

** – Duas ou três faixas se salvam, o resto agride.

*** – pode ser ótimo às vezes, mas fica no meio do caminho.

**** – aspirando ao olimpo, bem acima da média.

***** – Genial. Sublime. Clássico, moderno ou não.

Vistos – Filmes:

The Thin Red Line – ****

Pequena Miss Sunshine – ***

Carrie, a Estranha – ****

Play It Again, Sam – ****

Vôo United 93 – **

O Grande Golpe – ****

Internal Affairs – ***

Violação de Conduta – ***

Ouvidos:

A Silver Mt. Zion – Horses In The Sky – ***

65daysofstatic – The Distant And Mechanised Glow Of Eastern European Dance Parties – ***

Chico Buarque – Coleção 50 anos – *****

Avantasia – The Scarecrow – ***

Eric Johnson – Venus Isle – ***

Godspeed You! Black Emperor – F#a# – ****

Return To Forever – Light As A Feather – ****

Set Fire To Flames – Telegraphs In Negative – ***

Standard
Listas/Citações, Música

Últimos Álbuns, Inéditos ou Não

Sempre lembrando da escala:

* – Ruim/Fraco

** – Regular

*** – Bom

****- Ótimo

***** – Excelente/Clássico

Goldfrapp – Seventh Tree – ***

 

Morcheeba – Dive Deep – ***

 

Whitesnake – Good To Be Bad – ****

Bathory – Twilight Of The Gods – ****

A Silver Mt. Zion – 13 Blues For Thirteen Moons – ***

Akron/Family – Love Is Simple – ****

Alcest – Souvernis D’Un Autre Monde – ****

Allman Brothers Band – One Way Out – *****

Ana Carolina & Seu Jorge – Ao Vivo – ****

 

Art Zoyd – Musique Pour L’Odyssee – ****

Art Zoyd – Generation Sans Futur – ***

Battles – Mirrored – *****

Black Crowes – Warpaint – ****

Blur – Modern Life Is Rubbish – ****

Bob Dylan – Time Out Of Mind – *****

Constantina – Hola Amigos – ***

DJ Shadow – The Private Press – ****

Esmerine – If Only A Sweet Surrender – ****

Fly Pam An – Fly Pam An – ***

Gary Moore – Still Got The Blues – ****

Guapo – Elixirs – ****

Godspeed You Black Emperor – Slot Riot For New Zero Kanada – ****

Hurtmold – Cozido – ***

Hurtmold – Et Cetera – ***

Hurtmold – Mestro – ***

Hurtmold – Hurtmold – *****

Jorge Benjor – Acústico MTV – ****

Kings Of Leon – Aha Shake Heartbreak – ****

Kings Of Leon – Youth And Young Manhood – ***

Kings Of Leon – Because Of The Times – **

The Kinks – Something Else – ****

Morcheeba – Charango – ****

Morcheeba – Big Calm – ***

Moya – Die Hard – **

Noir Désir – Veullez Rendre L’ame – ****

 

Plebe Rude – Enquanto a Trégua Não Vem – ****

 

Red Hot Chili Peppers – Crash, Live At Estácion Mapocho, Chile – Bootleg – ****

Eric Clapton & BB King – ****

Rolling Stones – Forty Licks – ****

Sleepytime Gorilla Museum – Of Natural History – ****

Steely Dan – Can’t Buy a Thrill – ****

The Ascent Of Everest – How Lonely Sits The City – ***

Magic Numbers – Magic Numbers – ****

Magic Numbers – Those The Brokes – **

Mars Volta – Bedlam In Goliath – ***

Tom Waits – Bone Machine – ***

Tom Waits – Rain Dogs – ***

Tom Waits – Swordfishtrombones – ***

Tortoise – A Lazarus Taxon – ***

Ulver – Perdition City – ****

Wilco – Kicking Television – ****

Yann Tiersen – Amélie Poulain Soundtrack – *****

Yann Tiersen – L’absent – ***

The Flying Luttenbachers – Construtive Destruction – ****

Thinking Plague – In Extremis – ***

Jorge Ben – A Tábua de Esmeralda – *****

 

Tim Maia – Tim Maia – *****

 

Depeche Mode – Violator – *****

 

Jeff Buckley – Grace – *****

 

Jeff Buckley – Sketches For My Sweetheart The Drunk – ****

Jeff Buckley – Live At Olympia – ***

Van Morrison – Moondance – *****

Van Morrison – Astral Weeks – ****

Arcade Fire – Funeral – *****

Standard
Filmes, Listas/Citações

Últimos Filmes Vistos ou Revistos – Janeiro a Março

Uma boa forma de se manter o blog atualizado é postar aqui os últimos filmes vistos e álbuns conferidos, pela primeira, segunda ou décima vez. Junto a eles, vai a minha indicação de estrelas, numa escala de 1 a 5.

* – Ruim/Fraco

** – Regular

*** – Bom

****- Ótimo

***** – Excelente/Clássico

O Novo Mundo – Terrence Mallick – ****

 

O Ilusionista – ***

 

Eu Sou A Lenda – *

 

Meu Nome Não É Johnny – ***

 

Onde Os Fracos Não Tem Vez – No Country For Old Men – Joel & Ethan Coen – *****

 

Sangue Negro – There Will Be Blood – Paul Thomas Anderson – *****

Senhores do Crime – David Cronenberg – **

 

Os Donos da Noite (We Own The Night) – James Gray – ***

O Último Rei da Escócia – ****

 

Pagamento Final (Carlito’s Way) – De Palma – ****

 

Perfume de Mulher (Scent Of A Woman) – ****

O Assassinato de Jesse James pelo covarde Robert Ford – ****

 

Standard
Listas/Citações, Música

Top 100 – Melhores Álbuns de 2007

Abaixo, um top 100 daquilo que foi lançado no ano de 2007. Foram o que eu ouvi dentro do universo musical amplo que a lista demonstra. Rock, indie, pop, eletrônico, metal, samba, mpb, hip-hop, instrumental…etc. A trilha sonora fresca, quente e renovada que serviu de alimento para os 365 dias que se passaram. Um pequeno guia de novidades sempre bem vindas. Aproveitem.

* – agora atualizado com classificação de estrelas entre 1 a 5 para facilitar a avaliação independente da “posição” na lista.

        1. Wilco – Sky Blue Sky (*****)
        2. Radiohead – In Rainbows (*****)
        3. Arcade Fire – Neon Bible(*****)
        4. White Stripes – Icky Thump(****)
        5. Air – Pocket Symphony (****)
        6. LCD Soundsystem – Sound Of Silver (*****)
        7. Burial – Untrue (****)
        8. Underworld – Oblivion With Bells (****)
        9. PJ Harvey – White Chalk (*****)
        10. Arctic Monkeys – Favourite Worst Nightmare (****)
        11. Simian Mobile Disco – Attack Decay Sustain Release (****)
        12. Manic Street Preaches – Send Away The Tigers (****)
        13. Amy Winehouse – Back To Black (****)
        14. Dark Tranquillity – Fiction (****)
        15. Hurtmold – Hurtmold (*****)
        16. God Is An Astronaut – Far From Refuge (****)
        17. Interpol – Our Love To Admire (***)
        18. Black Rebel Motorcycle Club – Baby 81 (***)
        19. Explosions In The Sky – All Of A Sudden I Miss Everyone (***)
        20. Carla Bruni – No Promises (****)
        21. Robert Plant/Alisson Krauss – Rising Sand (****)
        22. Megadeth – United Abominations (****)
        23. Paradise Lost – In Réquiem (*****)
        24. Yndi Halda – Enjoy Eternal Bliss (****)
        25. Stereophonics – Pull The Pin (****)
        26. Justice – Cross (****)
        27. Do May Say Think – You, You’re A History In A Rush (****)
        28. Chemical Brothers – We Are The Night (***)
        29. Neal Morse – Sola Scriptura (****)
        30. Queens Of The Stone Age – Era Vulgaris (***)
        31. Ira! – Invisível DJ (****)
        32. Nação Zumbi – Fome de Tudo (***)
        33. Gui Boratto – Chromophobia (***)
        34. Satanique Samba Trio – Sangrou (****)
        35. Orquestra Imperial – Carnaval Só No Ano Que Vem (****)
        36. Bon Iver – For Emma, Forever Ago (***)
        37. Ben Harper – Lifeline (***)
        38. Beirut – The Flying Club Cup (****)
        39. Dream Theater – Systematic Chaos (****)
        40. Symphony X – Paradise Lost (****)
        41. Pain Of Salvation – Scarsick (***)
        42. Napalm Death – Smear Campaign (****)
        43. Ozzy Osbourne – Black Rain (****)
        44. Dinossaur Jr. – Beyond (****)
        45. Type O Negative – Dead Again (***)
        46. Maroon 5 – It Won’t Be Soon Before Long (***)
        47. Bruce Springsteen – Magic (***)
        48. Planet X – Quantum (****)
        49. Marina de La Riva – Marina de La Riva (***)
        50. Fino Coletivo – Fino Coletivo (****)
        51. Travis – The Boy With No Name (***)
        52. Kaiser Chiefs – Yours Truly, Angry Mob (***)
        53. Smashing Pumpkins – Zeitgeist (**)
        54. Rush – Snakes & Arrows (****)
        55. WASP – Dominator (***)
        56. Bloc Party – A Weekend In The City (***)
        57. Klaxons – Myths Of The Near Future (***)
        58. Feist – The Reminder (***)
        59. Paul McCartney – Memory Almost Full (***)
        60. Vanessa da Mata – Sim (****)
        61. Rufus Wainwright – Release The Stars (***)
        62. Beastie Boys – Mix Up (***)
        63. Ministry – The Last Sucker (****)
        64. Bebel Gilberto – Momento (****)
        65. Akron/Family – Love Is Simple (*****)
        66. Hot Hot Heat – Happiness Ltd. (***)
        67. Art Brut – It’s A Bit Complicated (***)
        68. Sodom – The Final Sign of Evil (****)
        69. Eluvium – Copia (***)
        70. Björk – Volta (***)
        71. Nine Inch Nails – Year Zero (***)
        72. Scorpions – Humanity Hour I (****)
        73. Therion – Gothic Kaballah (****)
        74. UDO – Mastercutor (***)
        75. The Hives – The Black And White Album (***)
        76. Stooges – The Weirdness (***)
        77. Machine Head – The Blackening (****)
        78. Silverchair – Young Modern (****)
        79. Band Of Horses – Cease To Begin (***)
        80. Paulinho da Viola – Acústico MTV (****)
        81. Digitalism – Idealism (****)
        82. Battles – Mirrored (*****)
        83. Modest Mouse – We Were Dead Before The Ship Even Sank (***)
        84. Super Furry Animals – Hey Venus (***)
        85. Kings Of Leon – Because Of The Times (***)
        86. Bad Brains – Build A Nation (**)
        87. The Good The Bad & The Queen – The Good The Bad & The Queen (**)
        88. King Diamond – Give Me Your Soul…Please (***)
        89. Jorge Benjor – Recuerdos de Asunción 443 (***)
        90. Bad Religion – New Maps Of Hell (***)
        91. Europe – Secret Society (***)
        92. Mukeka Di Rato – Carne (***)
        93. Foo Fighters – Echoes, Silence, Patience & Grace (***)
        94. Porcupine Tree – Fear Of A Blank Planet (***)
        95. Jesu – Conqueror (***)
        96. Kanye West – Graduation (****)
        97. Rakes – Ten New Messages (**)
        98. Nego Moçambique – La Rumba Computer (***)
        99. Ryan Adams – Easy Tiger (**)
        100. Kamelot – The Ghost Opera (**)
        Standard