Filmes

Os curtas de Kléber Mendonça Filho

Kléber Mendonça Filho, que por muitos anos manteve o site Cinemascopio (atualmente em versão blog), é um dos melhores e mais lúcidos críticos de cinema do país (recomendo vasculhar os textos disponíveis no arquivo do blog), com trabalho realizado no Jornal do Commercio de Recife. Mas além do ofício de crítico (investigado por ele num documentário de 2008), Kléber é também grande realizador. Autor de diversos curtas de destaque desde a década de 90, sua visão de cinema é refinadamente crua, certeira, com humor e “reflexão” que não caem em armadilhas fáceis.

Há 1 ano Kléber colocou boa parte dos seus curtas em um pio” target=”_blank”>canal no Vimeo em alta definição, este. Estão lá “Casa de Imagem” e “Homem de Projeção” (1992), “Enjaulado” (1997, com música de Dj Dolores e Stela Campos), “A Menina do Algodão”, de 2003, “Vinil Verde”, de 2004, ganhador de vários prêmios internacionais e um mini-clássico do “terror” brasileiro, “Eletrodoméstica”, de 2004, que aborda a classe média e o sexo no Brasil dos anos 90, “Noite de Sexta, Manhã de Sábado”, de 2006 e “Luz Industrial Mágica”, de 2008. De fora apenas o já citado “Crítico” e seu curta mais recente, o estupendo “Recife Frio”, que ilustra essa página, vencedor de várias categorias do Festival de Brasília de 2009.

Para seu deleite, “Recife Frio” está disponível no Porta Curtas, absolutamente imperdível. Em 2010 Kléber abandonou – espera-se que temporariamente – o ofício de crítico para filmar seu primeiro longa, “O Som Ao Redor”. Enquanto produz o longa, Kléber atualiza um Flickr, “blog em imagens”.

Vale a pena conferir todos os curtas deste que já é um dos cineastas mais “bem resolvidos” do país. E acompanhar a expectativa para “O Som Ao Redor”, que tem tudo para ser um marco.

Ps: o Cinemascopio deu origem também a uma das melhores comunidades para debate de cinema do Brasil no orkut, que infelizmente está meio abandonada desde o ano passado. Quem quiser se juntar para reanimar aquilo, é bem-vindo.

Padrão

Um comentário sobre “Os curtas de Kléber Mendonça Filho

  1. Cláudia disse:

    Passando por aqui e matando saudades de seu blog….excelente como sempre. Estava ótima a audição do Fernando Pessoa! Abç, Cláudia Netto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Protected by WP Anti Spam