Cervejas

Therezópolis Gold

therezopolis_gold.jpg

Therezópolis Gold

Empresa: Cervejaria Terezópolis

Teor Alcoólico: 4,7%

Tipo: Pilsener Puro Malte

Preço Médio: R$ 4,50 a 6,00 / garrafa 600 ml

Uma destas gratas descobertas que fazemos pelos supermercados da vida – no caso, achada pela primeira vez em Brasília – DF e revisitada em Belo Horizonte, confira no site oficial os lugares onde podem achá-la – esta cerveja, que teve curta vida no início do século XX, fabricada de 1912 a 1918, voltou há pouco ao mercado nacional (abençoado seja), possuindo um convidativo custo benefício. É uma pilsen puro malte honestíssima, bem leve e saborosa.

Pouco de História

Em 1912, o empreendedor  e  visionário Alfredo Claussen, descendente de imigrantes dinamarqueses que povoaram Teresópolis durante o séc. XIX, foi pioneiro em terras teresopolitanas ao fundar, no bairro do Imbuí, a Claussen & Irmãos: primeira cervejaria (também foi a primeira indústria) de Teresópolis, região serrana do Rio de Janeiro, município onde nasceu e viveu durante toda a sua vida.Até então, a família Claussen produzia cerveja artesanal  apenas para o próprio consumo e para brindar com os amigos as datas comemorativas. A receita caseira  original chegou ao Brasil em 1826 na bagagem  do casal de imigrantes dinamarqueses Josef Henrich Claussen e Caroline  Claussen, que se  estabelecerão e tiveram seus filhos nas montanhas de Teresópolis. A  refrescante bebida se tornou tão querida que o Mestre  Alfredo Claussen (neto de Josef Claussen) resolveu produzi-la para o consumo em uma escala maior.

Claussen concebeu como grande diferencial de seu produto, agora com objetivos comerciais, a tradição nórdica  resgatada de seus antepassados para a elaboração da cerveja, aliando o  uso da melhor matéria–prima importada da Europa, com a cristalina água  mineral das montanhas de Teresópolis. Surgia assim a Cerveja Therezópolis.

Notas de Degustação

Respeitando a Lei de Pureza Reinheitsgebot – coisa rara entre as nacionais – esta cerveja marca pelo aroma sutil, o sabor agradável, delicadamente doce e super leve, menos encorpada e amarga que outros tipos, possuindo a melhor espuma dentre as avaliadas até aqui, outra prova de sua qualidade. Ao beber, percebe-se a água cristalina (de fato, não apenas no marketing), característica forte daquela região do estado do Rio, contribuindo positivamente no seu sabor. Permanece por pouco tempo na boca, mas tem boa remanescência de aroma e seu tímido toque frutado. Para os apreciadores de um exemplar mais leve, a Therezópolis Gold faz boa concorrência com a Bavária Premium, capaz realmente de fazer frente, com louvor, ao produto da gigante FEMSA.

Nota Final: 2,1/5

Standard

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Protected by WP Anti Spam