Literatura

Emil Cioran: 14 livros em espanhol

Já falei de Cioran (1911-1995) aqui. Filósofo romeno, amargo e cínico na medida. Há anos tenho comigo 14 livros completos dele, em espanhol. Não lembro a fonte, senão daria os créditos. De todo modo, não tenho informações se as obras dele estão publicadas no Brasil, tampouco em espanhol. Agora disponibilizo os 14 livros em sequencia, que recomendo muito a leitura. Espalhe.

Ejercicios-de-admiracion-y-otros-textos

Cuaderno de Talamanca

Del-incoveniente-de-haber-nacido

Breviario-de-los-vencidos

Breviario-de-podredumbre

De lagrimas-y-santos

Desgarradura

El-aciago-demiurgo

Ese-maldito-yo

Historia-y-utopia

La-caida-del-tiempo

La-tentacion-de-existir

Silogismos-de-la-amargura

En-las-cimas-de-la-desesperacion

Leia Mais

Standard
Artigos/Matérias/Opinião

Tem que ler: Noam Chomsky – Acerca do pós-modernismo, teorias, modas

noam-chomsky

Imagem: Writersmugs

Noam Chomsky é um dos maiores intelectuais do último (e deste) século. De obra incrivelmente vasta, plural e de atuação notável tanto em termos práticos como teóricos, Chomsky merece estudo aprofundado e considerável respeito. Como eu, você não precisa concordar com todas as posições e idéias dele. Aliás, unanimidade intelectual não existe. Tampouco identificação palavra-por-palavra. Uma vez que a leitura e a dialética pressupõe uma troca de argumentos e uma interpretação própria sob o objeto estudado, deveria ser básico compreender que sempre que recomendamos alguém, esta leitura deve ser feita com cuidado e sob o seu espírito crítico.

Pois. No texto abaixo – que li há alguns anos e me tocou de imediato – Chomsky desmascara boa parte da prosa “hermética” e inútil que a crítica e filosofia tomou no século XX. Coloca em xeque muitas teorias, adorações, práticas e discussões que muitas vezes carecem de total sentido e são incapazes de servirem para algo. Derrida, Foucault e cia, com quem o próprio Chomsky travou discussões que viraram até livro, se não me engano, são criticados com competência e domínio. Recomendado para todos. Que bom é um pouco de lucidez.

Acerca do pós-modernismo, teoria, modas, etc.

Leia Mais

Standard
Filmes

Waking Life

Waking Life – 2001 – Richard Linklater – *****

Waking Life, filosófico por excelência, é um estudo de Linklater sobre questões essenciais da vida humana reunida em esquetes direta ou indiretamente interligadas que funcionam perfeitamente bem na proposta de questionar e convidar o espectador à reflexão na sua “linearidade não-linear”. Excelente.

Leia Mais

Standard
Listas/Citações

Um pouco de Cioran

Emil Cioran é um dos pensadores mais idiossincráticos – e divertidos – de nosso tempo. Em proporção, talvez eu discorde de 60% do que ele fala e ache os outros 40 geniais. Ele próprio, contudo, não deveria concordar com o que dizia: a coerência em Cioran é uma contradição. Por mais que negue, o romeno preza pelo estilo, pela acidez, o resto é resultado de observações amargas e curiosas da vida, mas sempre com a preocupação de dizer algo. Ele sabe rir de si mesmo…predicado mais do que fundamental para qualquer ser humano saudável: tenha medo de quem não consegue rir de si próprio.

Um pouco do rapaz em “Silogismos da Amargura”:

Sin nuestras dudas sobre nosotros mismos, nuestro escepticismo sería letra muerta, inquietud convencional, doctrina filosófica.

*

No queremos seguir soportando el peso de las “verdades”, continuar siendo sus víctimas o sus cómplices. Sueño con un mundo en el que se muriera por una coma.

*

La historia de las ideas es la historia del rencor de los solitarios.

*

Es fácil ser “profundo”: no hay más que dejarse invadir por las propias taras.

(…)

Leia Mais

Standard