Crie corvos: Miguel Lulia, irritado, questiona concessões da Globo (e o que isso nos lembra)

Um fato bastante saboroso que passou praticamente despercebido nesses tempos bicudos na Ilha de Vera Cruz: Miguel Elias Lulia, esse pigmeu moral, irritadíssimo com os ataques sofridos pelo Grupo Globo depois de 1 ano lambendo as suas botas (afinal, cadê a fidelidade na hora mais aguda? cadê a complacência quando se é pego pedindo propina, prevaricando, conspirando contra investigações, etc? um absurdo), chegou a QUESTIONAR AS CONCESSÕES DE RÁDIO E TV. Lembrado rapidamente que boa parte dos políticos donos dessas concessões Brasil afora fazem parte do seu círculo íntimo, recuou, dizendo que “não somos uma Venezuela ou Argentina” (risos). Parábola verdadeira que nos lembra duas coisas:

1) O Pêtê jamais será perdoado por sua covardia, por não encarar a regulação da mídia, o questionamento das concessões, por não fazer uma reforma tributária justa, por não retirar privilégios históricos da super elite (e, ao contrário, comungar na mesma mesa de escarnecedores, pagando quase R$ 6 BILHÕES em propaganda federal nos governos Lula/Dilma SÓ PARA A GLOBO). Jamais.

2) Miguel Lulia não aguenta 5 minutos no mundo real.  Isso porque foi pego se lambuzando de corrupção com um HD cheinho de provas. 5 minutinhos e abre o bico. Imaginem vocês se esse homúnculo conseguiria encarar 40 ANOS ININTERRUPTOS DE PERSEGUIÇÃO MIDIÁTICA, como um certo sapo barbudo pragmático encara. Fato que nem o Oceano Atlântico de dinheiro despejado na grande mídia conseguiu estancar e que a tentativa da SECOM/Lula em “pluralizar” a imprensa falhou miseravelmente.

Como diz a sabedoria popular: crie corvos e te devorarão os olhos, o cérebro, as vísceras, a história.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *