Morte do Rio Doce: um crime com muitos autores

O artigo é de Alessandra Cardoso, assessora política do Inesc. O desastre socioambiental do Vale do Rio Doce trouxe para nós, brasileiros, o sentimento de tragédia humana, no seu sentido mais amplo, associada à violação dos direitos humanos, como direitos sociais, ambientais, econômicos e culturais. Uma violação que não diz respeito somente ao Brasil e […]

Leia Mais

Somos todos (da) Samarco

O tsunami de lama que se abateu sobre Minas Gerais tem, infelizmente, mais camadas do que o discurso, muitas vezes simplista, dos ativistas de primeira hora e dos bem intencionados comentaristas, que, como eu, se deixaram levar pela justa onda de indignação que se seguiu ao imenso crime ambiental cometido pela Vale/BHP/Samarco que soterrou um […]

Leia Mais

Sebastião Salgado, o patrocínio da Vale e a “salvação” do Rio Doce

Em comunicação e, especialmente numa “gestão de crise” como é o caso do crime ambiental cometido pela Vale, nada melhor que ter uma figura pública, querida, de reconhecimento nacional e internacional para apoiá-lo na “redução do dano” de imagem da empresa. Para a Vale, o personagem perfeito estava em mãos: Sebastião Salgado, fotógrafo premiado internacionalmente […]

Leia Mais

Em MG, 228 barragens são de alto risco, 42 não tem estabilidade garantida e, destas, 25 são da Vale

O crime cometido pela Vale em Mariana (MG) revela a situação preocupante das barragens em MG e em todo o Brasil. Relatório da FEAM – Fundação Estadual do Meio Ambiente, órgão responsável pelas barragens no estado de Minas Gerais, mostra que a situação é crítica em todo o estado e o sinal de alerta precisa […]

Leia Mais

Revisitando o laudo técnico de Fundão

É bom relembrar e contextualizar. Em 2013, o Instituto Prístino realizou uma análise técnica sobre a barragem de Fundão, em Mariana, justamente essa que ruiu, com a de Santarém. Essa análise foi solicitada pelo Ministério Público de Minas Gerais, no sentido de revalidar a Licença de Operação (LO) da barragem. É uma leitura elucidativa. Já no número […]

Leia Mais